terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

VAMOS BRINCAR DE FAZER MILAGRES





Temos que fazer a nossa parte para evitar que o trânsito no Brasil continue matando de forma anunciada, mais do que muita catástrofe somada e inesperada.


Infelizmente Tsunamis e Terremotos no Japão (2011), Avalanches na região Serrana do Rio de Janeiro (2011), a Gripe Suína (2009), o ataque ao World Trade Center (2001) e o desastre do voo 3054 da TAM (2007) geraram tristes manchetes e deixaram um vazio profundo na alma da população.


Uma população que nesses momentos reconhece a sua impotência frente a determinadas catástrofes sobre as quais não tem controle ou sobre as quais não pode ser culpada diretamente. Diante do inevitável “Foi Deus que assim quis” treme a população e segue seu caminho esperançosa que os raios caiam sempre acolá.


As catástrofes do primeiro parágrafo totalizaram 23.721* mortes e mais 20 mil desaparecidos, um número que causa revolta ainda mais pela impotência face à sua força de destruição tão repentina.


Enquanto isso aqui no nosso Brasil todos os anos, desde 2001, mais de 30 mil pessoas morrem em acidentes de trânsito por ano. Só em 2011 foram mais de 40 mil, levando a média dessas mortes para apavorantes 35.491 por ano, ou 2.957,6 por mês, ou 682,5 por semana, ou 97,2 por dia ou 4,1 por hora ou ainda uma pessoa desde que você começou a ler este artigo.


Impossível, inaceitável, inadmissível, incabível! As reações são as mais diversas ao constatar que seriam necessários 3,2 tsunamis por ano para chegar aos mesmos números dos nossos acidentes de trânsito. Que além de matar, deformam, aleijam, tiram de circulação uma fatia enorme da população produtiva, afetiva e ainda por cima fazem um rombo na economia pública com resgates, internações, recuperações e indenizações.


Os chamados Atos de Deus existe um termo legal em inglês chamado “Act of God”. Reúne todos os eventos que estão fora do controle humano como enchentes, terremotos, tsunami, epidemias e outros desastres naturais pelos quais ninguém pode ser culpado. Na legislação brasileira são os chamados casos fortuitos ou de força maior. Mas os desastres de trânsito não são nem um e nem outro, nem fortuitos e nem causa maior, estão ao nosso alcance para que possam ser resolvidos, para que nós possamos operar o esperado milagre. Nós motoristas, passageiros e pedestres que dividimos ruas e estradas, temos que tomar em nossas mãos esse milagre e sermos um pouquinho Deus, nessa parte que nos toca. Quem acreditar que nos siga.


Carlos Lua Cintra Mauro é Assessor de Imprensa e Membro Diretivo do Observatório Nacional da Segurança Viária que trabalha permanentemente com campanhas e pesquisas que ajudam a conscientizar, apoiar e divulgar iniciativas que tenham reflexo positivo na diminuição de acidentes de trânsito.


*Dados recolhidos e compilados por Natalia Luciani Ramalho, responsável pelo Departamento de Informações do Observatório Nacional de Segurança Viária.



CATASTROFES
No. de Mortos
Tsunami e Terremoto no Japão
11.063 (1)
Desmoronamento região Serrana do Rio de Janeiro
872 (2)
Gripe Suina
8.768 (3)
World Trade Center
2.819 (4)
Voo TAM 3054
199 (5)


(1) Tóquio, agência EFE - O número de mortos pelo terremoto e o posterior Tsunami do dia 11 de março de 2011 no Japão foi atualizado nesta terça-feira, 28 de março 2011, para 11.063 pessoas, enquanto outras 17.258 pessoas estão desaparecidas, segundo o último boletim da Polícia japonesa.


(2) Rio de Janeiro, Região Serrana, 2011 - número de mortos 872 pessoas e deixou 427 desaparecidos. O governo do Rio de Janeiro solicitou ao governo federam uma verba de 395 milhões de reais.


(3) O Ministerio da Saúde, desde que foi declarado transmissão sustentada do vírus de Infuenza Pnadêmica (N1H1) determinou a notificação de pelo menos 8.768 óbitos pelo vírus em 2009, com um total de 207 países e territórios atingidos.


(4) O atentado ao World Trade Center, em Nova Iorque, foi a maior agressão externa sofrida pelos Estados Unidos em seu território, onde 2.819 pessoas morreram e 1.717 desaparecidos.


(5) Voo 3054 da TAM caiu poucos metros da pista de Congonhas. O avião chocou-se com um posto de combustível e um galpão da TAM, onde 199 pessoas morreram.


(6) Acidente de Trânsito nos últimos 10 anos (2001-2010) de acordo com o Ministério da Saúde:


Ano
2001
2002
2003
2004
2005
2006
2007
2008
2009
2010
No. Mortos
30,524
32,753
33,139
35,084
35,994
36,367
37,407
36,666
36,365
40,610
 

TRÂNSITO NO BRASIL

Média do no. de mortos em acidente de trânsito nos últimos 10 anos (2001 - 2010)

35.491 (6) 

35.491 pessoas mortas ao ano,
ou 2.957,6 ao mês,
ou 682,5 ao dia
ou 4,1 por hora.





EQUIVALÊNCIA
 "Quantidade" de catástrofes com mortes que se equivalem as mortes de trânsito no Brasil.
3,2 tsunamis ao ano
42,4 desmoronamento ao ano ou 3,5 ao mês
4 surtos de gripe Suina ao ano
12,6 quedas de edificios como World Trade Center ao ano ou 1 ao mês
178,3 quedas de aviões ao ano ou 15 ao mês ou 3,4 por semana
 



Fonte: http://www.onsv.org.br/Artigos/vamos-brincar-de-fazer-milagres

Nenhum comentário:

Postar um comentário